Memória

Hoje em dia, se fala e se escreve sobre as fantásticas capacidades do cérebro humano. Apesar das possibilidades, não costumamos utilizar, conscientemente, as nossas capacidades.

Desde a antiguidade, tem se elogiado algumas virtudes de pessoas: dedicação, devoção, persistência, concentração, regularidade, calma, tranquilidade, foco, objetivos na vida.

Um ponto importante é a repetição. Uma palavra pode não ser gravada na nossa memória por uma única repetição mas, a partir de muitas repetições. Ouvir muitas vezes, usar repetidas vezes e continuar este processo até se tornar parte integrante da nossa memória. O professor M. Taniguchi considerou que, 10.000 repetições de um hábito se tornam automáticos na nossa vida. Um pensamento repetido 10.000 vezes criam raizes profundas na nossa mente. Difícil de remover.  10.000 movimentos únicos repetidos produzem reações automáticas no nosso corpo, explicou o Oyama.

Na hora de expor nossos pensamentos, as palavras fluem uma após outra. Para conseguirmos esta fluidez, as palavras com seus significados foram previamente gravadas na nossa memória e estamos utilizando neste processo de comunicação.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s